<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d14068495\x26blogName\x3dPa%C3%ADs+Barros%C3%A3o\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://barrosao.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://barrosao.blogspot.com/\x26vt\x3d1500458917007490922', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

sábado, fevereiro 04, 2006

O polegar do "cantoneiro"


Ora se hà individualidades na "corga" as quais eu admiro uma delas era o "ti cantoneiro".
Um homem feito e direito o qual eu ainda tive o grande prazer de conhecer na minha infância.
Na verdade deu-me muita vez bolachas , rebuçados, e alguma pinguita de vinho também .
Isso,isso apesar da minha juventude eu mamava uns traguitos quando ainda nem sequer ia à escola primária .
Bem mas isso fica para outro dia porque para dizer a verdade desde pequeno que bebo e ainda não tive a pouca sorte de enjôar o tintol parece que quanto mais trago mais gosto dele.
Ora quanto ao "cantoneiro " creio que todos conhecem , ou nao?
È isso mesmo è o homem que ficou fechado com a porta aberta no palheiro do Pinto(visitar historial do pais Barrosao).
Bem era a altura das matanças e como o "cantoneiro" era o matador de serviço là da "corga" toda a gente lhe devia favores dado a que era ele que matava e desmanchava o "reco" a toda a vizinhança .
E è claro chegado o dia da matança do "ti cantoneiro" estava quase todo o povo presente para ajudar a esfarpelar os bichos ao Sr. Domingos do Pinto que era assim que ele gostava que le chamassem.
Todos a quem o homem tinha matado o porco estavam presentes,os homens em baixo no pàtio à esprera do patrao para organizar a matança ,e as mulheres em cima na cozinha esperando ordens da patroa da casa para saber que tarefa le tocaria aquele dia.
Bem com tudo em ordem e uns maduros bem metidos porque nao se podia começar a matança sem provar o vinho novo que por norma compravam os barrosoes todos os anos là para os lados de Anelhe, Valpaços, ou Carrazedo de Montenegro.
Là desceu o "cantoneiro " escadas a baixo e disse:
"-Bamos là a eles repaziada"
"-Bamos q'uènoute ti demingos"
Respondeu o "chona" jà meio aterdoado com a pinga que tinha mamado na matança anterior a qual se tinha realizado de manha em casa do "becino" que por sinal tinha là um tinto jeitoso o qual tinha entrado na mioleira à malta incluindo o "chona" e o "cantoneiro".
"bem abre là essa porta"
Disse o chefe da casa para um deles.
Tal como se abre a dita porta sai de là um animal que assustava .
Era um suino taludo.
Se nao fosse pela ausência dos cornos eu teria chegado a afirmar que aquilo era um bezerro.
Bem mas a malta atirou-se logo ao bicho que nao è por ser malta da "corga" mas nunca conheci gente tao destemida e tao resolvida.
"Segurai ai caralho q'ueufodo-do jà nunstante"
Disse o matador jà com a faca na mao e as mangas arregaçadas.
Bem e efectivamente tal como le meteu a faca o animal deu logo o corpo ao manifesto e esteirou-se no banco sem dar sinais de vitalidade.
"agora este è que bai ser o caralho"
Comentou o "cantoneiro".
"-Porquê ti demingos ?"
Disse o"ti Joao Carreiras" admirado.
"Ai porquê tu jà bais ber ora abre'lhaporta"
CARALHO¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡
Exclamou toda a gente quando viu a envergadura do segundo animal.
Aquilo parecia uma montanha de carne.
Atè houve quem comente-se:
"Este debe de ser familia ali do albarino caralho"
Bem mas com o bicho jà dominado e deitado no banco o "cantoneiro"rompeu a ele de faca na mao e ao abarbatar o bicho com a mao esquerda fechando-le a boca para que este nao morde-se ao estar com as ânsias da morte teve um pequeno percalce.
Como estava um bocado nervoso dado ao tamanho do animal,e entre o vinho do "becino" e o dele a coisa jà nao ia là muito bem o homem esqueceu-se do seu pròprio dedo polegar dentro da boca do suino.
Ora como è evidente o bicho com a dor da morte apertou os queixais e ZÀS .
Duma dentada sò arranca a cabeça do dedo ao Sr. domingos.
"Ò filha da puta que jà ma fudeste"
Disse o "cantoneiro" puxando a mao para tràz com força .
"Ele que foi ti demingos"
Alguem perguntou ao ver que faltavam peças na mao ao "cantoneiro".
"-O filha da puta mordeu-me e fudeu-m'acabeca do dedo"
Respondeu o lesado equanto intruduzia a mao na boca ao animal o qual por sorte jà jazia sobre o banco.
"-Olhai p'pàqui repazes fudeume a cabeça do dedo "
Dizia o matador enquanto exibia a metade do seu pòprio dedo como de um trofèu se tratasse.
Bem mas como o "cantoneiro" era um homem destemido vai e mete a cabeça do dedo no bolso,ata um lenço da mão ao dedo lesado e diz:
"_Ora butain-de-me o reco piqueno cà p'rafora que tamen bai c'ocaralho oinje"
E là matou o requito abriu os três e dependurou-os na adega .
Bem e terminada a sessao la subiram as escadas para "butar um'a bucha" .
Ora o Sr. Domingos como era assim um bocado tranca-barrancas mete a mao ao bolso e tira o dedo colocando-o no bordo da chaminè para poder lavar as maos.
Là lavou os presunhos e sentou-se à mesa esquecendo-se do dedo.
Começou a comer e a beber como alarve que era e sò se lembrou do pedaço de dedo quando o "micas" que era o gato da casa jà o tinha atravessado na goela que sendo alarve como o dono quiz tragar tudo de uma vez e engasgou-se.
Ao ver aquilo diz o "cantoneiro":
"- Hà amigo que jà n'umn'olembes"
E deita as maos ao gasganete ao bicho apertando tanto que o deixou sem vida com o resultado de ficar sem o dedo para recordaçao mas ficando para sempre com uma lembrança do "micas":
As suas unhas marcadas nas costa das duas maos que aqilo em vez de parecer arranhado mais parecia lavrado porque era cada rêgo que sò visto meus amigos.
Disto sò na "corga".

Boas Noutes


11 Comentários:

Em 05 fevereiro, 2006 11:32, Anonymous CHAPA disse...

AINDA ESTAS VIVO!!!

 
Em 05 fevereiro, 2006 21:19, Anonymous Anónimo disse...

estou e estarei o que acontece è que tive o comp. averiado e tambem tenho tido pouco tempo mas nao te preocupes que eu continuarei a escrever sempre que possa um abraço

 
Em 05 fevereiro, 2006 21:50, Anonymous corgamen disse...

estas estorias sao um espetaculo.
por favor escreve mais. escrves muito bem.
parabens

 
Em 07 fevereiro, 2006 15:52, Anonymous Anónimo disse...

E disto que o meu povo gosta. Parabens

 
Em 10 fevereiro, 2006 15:11, Blogger LA disse...

Aqui nas Boticas também gostamos destas histórias! São como as nossas!
luis

 
Em 14 fevereiro, 2006 15:26, Blogger AM 1 disse...

Barroso AM ... a continuação do Barroso FM

Visitem-nos em http://barroso-am.blogspot.com

Alterem os seus link´s

Obrigado

 
Em 16 fevereiro, 2006 16:14, Anonymous Anónimo disse...

pode eliminar o barrosofm!

 
Em 21 março, 2007 16:21, Anonymous Anónimo disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
Em 24 abril, 2007 02:42, Anonymous Anónimo disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
Em 03 maio, 2007 18:38, Anonymous Anónimo disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
Em 25 abril, 2008 10:07, Anonymous Hilário Godinho disse...

Peço Asilo Político, Je demande Asile Politique, Ich verlange politisches Asyl, I ask for Political asylum
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Resistência Portuguesa Militar e Civil Anti Pide/D.G.S.E. -----

Liberdade, Democracia, Justiça, Imprensa, Direitos Humanitários. Sim.
Ditaduras, PIDE/D.G.S.E., Tortura, Fome, Corrupção. Não Obrigado.
Peço Asilo Político, Dinheiro, Doente e Invalido com Fome em Tribunal com Dívidas.
Enviar dinheiro para a Anti Pide/D.G.S.E..
Sr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. -----

Se não pode impôr a paz, pode convencer pelo exemplo. -----

Peço Asilo Político. -----

Donativos para a Resistência Portuguesa Militar e Civil Anti Pide/D.G.S.E..
Hilário Vicente Rosa Godinho --- Conta de Épargne UBS CHF --- Nº conta 233-691451.M1F --- Nº de cliente 233-691451 --- Iban CH21 0023 3233 691451M1F --- SWIFT Adresse (BIC): UBSWCHZH80A --- UBS AG --- Postfach, CH 4053 Basel --- Suisse. --- Ou ---
Sr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. ---
Telefone: 0041 765 450 994. Comuniquem na Imprensa Mundial. Eu falo Português, E também Francês. -----
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Peço Asilo Político, Je demande Asile Politique, Ich verlange politisches Asyl, I ask for Political asylum
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Résistance Portugaise Militaire et Civil Anti Pide/D.G.S.E. -----

Liberté, Démocratie, Justice, Presse, Droits Humanitaires. Oui.
Dictatures, PIDE/D.G.S.E., Torture, Faim, Corruption. Non Merci.
Je demande Asile Politique, l'argent, le malade et l'invalide avec la faim devant le tribunal avec des dettes.
Envoyer argent pour l'Anti Pide/D.G.S.E..
Mr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. -----

Si ne peut pas imposer la paix, peut convaincre par l'exemple. -----

Je demande Asile Politique. -----

Donations pour la Résistance Portugaise Militaire et Civil Anti Pide/D.G.S.E..
Hilário Vicente Rosa Godinho --- Compte d'Épargne UBS CHF --- Nº de compte 233-691451.M1F --- Nº de client 233-691451 --- IBAN: CH21 0023 3233 6914 51M1F --- SWIFT Adresse (BIC): UBSWCHZH80A --- UBS AG --- Postfach, CH 4053 Basel --- Suisse. --- Ou ---
Mr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. ---
Téléphone: 0041 765 450 994. Communiquent dans la Presse Mondiale. Je parle Portugais, Et aussi Français. ---
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Peço Asilo Político, Je demande Asile Politique, Ich verlange politisches Asyl, I ask for Political asylum
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Widerstand Portugiesisches Militärisches und Zivilist Anti Pide/D.G.S.E. -----

Freiheit, Demokratie, Justiz, die Presse, Humanitäre Rechte. Ja.
Diktaturen, PIDE/D.G.S.E., Tortur, Hunger, Bestechung. Nein Danke.
Ich verlange politisches Asyl, das Geld, Kranke und Invalide mit dem Hunger vor dem Gericht mit Schulden. Senden Geld für Anti Pide/D.G.S.E..
Herr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Schweiz. -----

Wenn nicht aufdrängen kann der Frieden, kann durch das Beispiel überzeugen. -----

Ich verlange politisches Asyl. -----

Schenkungen für den Widerstand Portugiesisches Militärisches und Zivilist Anti Pide/D.G.S.E..
Hilário Vicente Rosa Godinho --- Compte d'Épargne UBS CHF --- N° des Kontos 233-691451.M1F --- Nº des Kunden 233-691451 --- IBAN: CH21 0023 3233 6914 51M1F --- SWIFT Adresse (BIC): UBSWCHZH80A --- UBS AG --- Postfach, CH 4053 Basel --- Schweiz. --- Oder ---
Herr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Schweiz. ---
Telefon: 0041 765 450 994. Teilen in der weltweiten Presse mit. Ich spreche Portugiesisch, Und auch Französisch. -----
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Peço Asilo Político, Je demande Asile Politique, Ich verlange politisches Asyl, I ask for Political asylum
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Resistance Portuguese Military and Civil Anti Pide/D.G.S.E. -----

Freedom, Democracy, Justice, The Press, Humane Rights. Yes.
Dictatorships, PIDE/D.G.S.E., Torture, Hunger, Corruption. Not Thank You.
I ask for Political asylum, Money, Sick and Invalid with Hunger in Court with Debts.
To send money for the Anti Pide/D.G.S.E..
Sir. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. -----

If it can not impose peace, can convince by example. -----

I ask for Political asylum -----

Donations for the Resistance Portuguese Military and Civil Anti Pide/D.G.S.E..
Hilário Vicente Rosa Godinho --- Account of Épargne UBS CHF --- Nº of account 233-691451.M1F --- Nº of customer 233-691451 --- IBAN: CH21 0023 3233 6914 51M1F --- SWIFT Adresse (BIC): UBSWCHZH80A --- UBS AG --- Postfach, CH 4053 Basel --- Switzerland. --- Or ---
Sir. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. ---
Telephone: 0041 765 450 994. Communicate in the World Press. speak Portuguese, And also French. -----

http://pide1.spaces.live.com/

 

Enviar um comentário

<< Inicio